Razões pra começar a assistir (e se viciar) em Doctor Who

Publicado: 20/01/2013 em series, TV
Tags:, ,

Ano passado, a rede Cultura adquiriu os direitos  de exibição de uma das mais cultuadas e longevas series de TV de todo o continuum espaço-tempo. Doctor Who começou como uma serie quase que educacional nos anos 60, destinada a ensinar fatos históricos e um pouco de ciência enquanto o Doutor se aventurava em algum ponto do Universo pra consertar algo que não estivesse em seu devido lugar. Aconteceu que a serie ficou tanto tempo no ar que começou a ser construida toda uma gigantesca mitologia em torno do Universo de DW, e como os episódios que faziam mais sucesso eram o que exploravam esse lado sci-fi, a serie acabou assumindo de vez esse carater fantástico. 26 temporadas mais tarde, no final de 1989, a serie deu uma parada, tendo apenas um especial para TV em 96, mas retornando mesmo com os dois pés no peito em 2005 – são as temporadas dessa retomada que  a Cultura adquiriu.

As temporadas de Doctor Who desde 2005 são divididas em 13 episódios de 40 a 45min., alem dos especiais de natal. Atualmente ela está na pausa de mid-season da 7° temporada, voltando em fevereiro (se não estou enganado).

Bom, até agora não disse os motivos, nem sobre o que exatamente é essa serie. Bora então:

Doutor (só doutor mesmo) é o ultimo sobrevivente dos Timelords, uma poderosa e bondosa raça capaz de viajar no tempo-espaço, que foi extinta do Universo, há muito tempo atrás numa guerra épica contra os impiedosos Daleks. A bordo da sua espaço-nave/maquina do tempo TARDIS, o Doutor desbrava realidades alternativas e evita apocalipses praticamente todos os dias, usando como unica arma sua inteligência (a chave de fenda sônica conta como arma algumas vezes, mas enfim…).

O que eu mais gosto em Doctor Who é a sensação de urgência que os roteristas conseguem colocar em cada episódio. As aventuras são quase sempre resolvidas no mesmo dia, mas sempre acabam em um climax absurdo e emocionante. Tudo em 45 minutos.

Outro ponto interessante é o “mundinho” da serie. Quanto mais você assiste, mais familiar você se torna com as raças, personagens e mitos da serie, colaborando em muito a apreciação de um encontro fortuito ou uma citação há algo que aconteceu muitas temporadas atrás. Apesar de aventuras episódicas, cada temporada tem seu arco maior, amarrada num roteiro coeso e instigante.

Recomendo aos novos fãs da serie iniciarem sua viagem a bordo da TARDIS a partir da segunda temporada dessa retomada, que é quando entra a melhor encarnação do Doutor de todas: David Tennant. Mas já aviso logo que é um caminho sem volta: uma vez que você comece a ver Doctor Who, você não vai querer parar…

Image

Anúncios
comentários
  1. Emerson disse:

    Essa é a melhor série de todas!E, falando sobre David Tennant(espero ter escrito certo)eu concordo com a tua opinião…

  2. Inne disse:

    Adoro essa série!! Comecei assistindo a pouco tempo e me viciei. Hoje, nao vivo sem doctor who. Melhor série de todos os tempos!!! Estou ainda na quarta temporada e está demais!!! Adoro Tennant, ele é o melhor doutor de todos!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s