Siege,Zumbis,Rio e o novo Mortal Kombat

Publicado: 24/04/2011 em livros

Opa!  Este é aquele tipo de post clássico no qual eu conto o que estou lendo, assistindo e jogando no momento. A começar pelos quadrinhos:

Nesta semana, comprei os dois primeiros volumes de Siege (O Cerco), o main-event em 5 partes da Marvel em 2010, que enfim chega as bancas brasileiras atraves da onipresente Panini. Como todo bom marveleiro deve saber, ao final de Invasão Secreta, Norman Osborn se tornou o novo queridinho da America, derrubando Tony Stark e a SHIELD, ele criou seu próprio time de Vingadores para caçar os Vingadores originais, até agora transformados em inimigos publicos dos EUA.  Siege chega para colocar as coisas no lugar e acabar com a vida mansa do velho Duende Verde e seu Reinado Sombrio: Osborn declara guerra contra Asgard envolvendo (por consequência) toda legião de supers da Casa das Idéias, numa furiosa revanche.

Esta é para os fanaticos por zumbis: a editora Leya trouxe para o Brasil o excelente Zumbis: O Livro dos Mortos, de Jamie Russell. Com quase 500 páginas, o livro é o mais completo tratado histórico-cinematógrafico sobre mortos-vivos: desde suas origens haitianas até sua  forte influência na cultura pop da geração Y, alem de contar com uma extensa e atualizada filmografia do gênero. Imperdivel!

Dia desses, eu vi Rio, nova animação da Fox com direção de Carlos Saldanha. O longa conta a jornada de Blu, uma ararinha azul (nerd, diga-se de passagem) que viaja  junto com sua dona, Linda ao Brasil para salvar sua espécie, mas parece que sua potêncial parceira Jade não está lá muito afim dele. A animação empolga e garante alguns risos, mas um roteiro melhor trabalhado (principalmente no 3°ato) poderia torna-lo memoravel. O 3D tambem não fez lá muita diferença, mas o filme paga o seu ingresso.

Nota: 7/10

Semana passada, tive o prazer inenarravel de jogar o mais novo jogo da franquia Mortal Kombat e, putaqueopariu: que jogo foda, mermão! Depois dos fantásticos Street Figther IVMarvel Vs CAPCOM 3, eis que ressurge um dos games mais clássicos da história terrestre para a nova geração. Mortal Kombat sempre foi meu jogo de luta preferido, sua ultra-violência absurda aliada a personagens bizarros marcaram minha vida para sempre.

Para MK9, as lutas estão mais agéis e sanguinolentas do que nunca: conforme os personagens apanham, seus corpos vão se deformando de forma agressiva. Outra novidade são os spec-moves em raio-x no meio da briga.

Por enquanto, MK9 é para mim o jogo de luta do ano!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s