Viva La Revolution!

Publicado: 27/08/2010 em livros

Admito que nunca fui muito ligado em politica nos tempos de colégio, acreditava que a fosse por definição incorrigivel, corruptivel e imutavel. Talvez porque não aprendi na escola (do jeito certo) sobre os grandes filosofos e lideres revolucionários, agentes da trasformação de sua realidade, talvez para não suscitar questionamentos ditos rebeldes, para me manter controlavel, na fila, another brick in the wall

Fui um bom aluno:  tirava notas altas porque não conversava, porque era timido e quietude era sinônimo de virtude no meio escolar. Fazia o que tinha que fazer, não questionava, apenas respondia e do jeito que era certo responder. Hoje, depois dos livros que li e filmes que vi e jogos que joguei percebo que não fui um bom aluno, fui um aluno oprimido.

Este mês conheci a obra de Paulo Freire, um grande pensador da educação como forma de libertação e não-alienação, em A Pedagogia do Oprimido (que recomendo fortemente a todas as pessoas do mundo lerem), o autor expõe de modo incisivo a importância do dialogo entre educadores e educandos, o valor do questionamento e do confronto de idéias na constante transformação do ser humano no ser-mais, na luta por um mundo justo, alem de muitas outras questões que não competem apenas ao educador, mas ao homem em geral, pois em sua visão todos somos educandos e educadores ao mesmo tempo até o fim da vida.

Não basta ler e guardar na estante, As lições tiradas de A Pedagogia do Oprimido devem ser pura praxis, levadas a prática, como ferramenta de transformação social. Não somos meros objetos da História, mas sujeitos de sua mudança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s