Arquivo de maio, 2010

Sobre LOST

Publicado: 31/05/2010 em TV

Já faz um tempo em que não posto aqui. Bom, as estreias das ultimas semanas não foram boas e eu não fui para o cinema desde Iron Man 2, mas algo especial aconteceu neste meio tempo: o fim de LOST.

Fanático desde o maravilhoso piloto, todos os mistérios e personagens de LOST me acompanharam durante seis anos de vida, me fazendo rir, chorar e mais importante: pensar. Muito mais do que uma série de TV, LOST foi para mim e para milhões de fãs devotados uma verdadeira experiência filosófica, metafísica e até porque não dizer religiosa. LOST pode ser apreciado é claro como puro entretenimento pelo telespectador passivo, mas certamente muito de seu valor será perdido. LOST é uma série de detalhes, de conexões subliminares e associações, sejam elas literárias, mitológicas ou cientificas. Seu derradeiro episódio final pode ser interpretado de diversas formas e foi odiado por muitos de seus fãs mais xiitas, mas eu já não esperava uma resposta cientifica há muito tempo. Achei seu desfecho digno e emocionante, a altura da importancia que LOST teve para as series da TV americana.

Anúncios

ESTREIA: Robin Hood

Publicado: 14/05/2010 em cinema

Ridley Scott tenta repetir o sucesso de Gladiador com uma “versão mais realística” do conto de Robin Hood, o mítico herói de Nottingham já tão usado e reinventado pelo Cinema, seguindo a preguiçosa tendência hollwoodiana de remakes, reboots, reeleituras e afins para faturar alto no verão americano.

Para tal empreitada ele repete a parceria com basicamente a mesma equipe de Gladiador (fotografia, edição e arte) alem de é claro, chamar Russell Crowe para novamente protagonizar seu filme.

Robin Hood estreia hoje em território nacional. Esperemos que valha a pena.

Cena da Semana: Blade Runner

Publicado: 14/05/2010 em cenas

I’ve seen things you people wouldn’t believe. Attack ships on fire off the shoulder of Orion. I watched C-beams glitter in the dark near the Tannhauser gate. All those moments will be lost in time, like tears in rain. Time to die.

RESENHA: The Basketball Diaries

Publicado: 10/05/2010 em cinema

Como eu já disse aqui na sexta, nem perdi meu tempo com o novo A Hora do Pesadelo e pelo que eu tô lendo por aí, fiz bem. Em vez disso comprei na Americanas o DVD Diario de um Adolescente (The Basketball Diaries, 1995),  filme com DiCaprio que eu nunca tinha ouvido falar, mas gostei da sinopse e acabei levando.

Baseado nos diários do escritor Jim Carrol , o longa mostra a realidade do mundo das drogas sem melodramas ou lição de moral.  Leonardo DiCaprio surpreende com seu talento precoce, numa atuação muito orgânica e impactante, digna de Oscar.

Dialogos tarantinescos, atuações fabulosas e uma emplogante trilha sonora fazem de Diarios de um Adolescente um filme que merece ser visto, revisto e estudado.

ESTREIA: A Nigthmare on Elm Street

Publicado: 07/05/2010 em cinema

De todos os grandes monstros do chamado terror slasher nenhum me assustou mais  que Freddy Krueger . Na antologia  A Hora do Pesadelo, Wes Craven abusava do universo bizarro dos sonhos para nos fazer pular das cadeiras, sempre com uma morte mais absurda e divertida do que a outra.  No plano onirico, Krueger é deus e nada escapa ao seu sadismo macabaro. A única coisa que você pode fazer para sobreviver a ele é manter-se acordado.

Pessoalmente eu não sou fã da idéia de remakes, acho que certos clássicos devem se manter intocados e acho dificil transporta-los com a mesma força para os dias atuais. Sem falar que o terror mudou muito dos anos 80 pra cá, hoje em dia o que assustam as pessoas são as própias pessoas.  Pode ver: creio que desde O Silêncio dos Inocentes, seguido de Seven, o grande monstro da humanidade (no cinema) passou a ser o humano, um terror mais realista, visceral e nojento que a chuva de groselha de Sexta-Feira 13 e afins.

Enfim, hoje a estreia da semana é o novo A Hora do Pesadelo, primeiro longa-metragem do diretor de video-clipes  Samuel Bayer, com Jackie Earle Harley ( o Rorschach)  e “grande elenco”.  Não sei se vale os R$14,00 do ingresso… acho que vou ver Homem de Ferro 2 denovo…

Cena da Semana: The Lion King

Publicado: 05/05/2010 em cenas

Simba: Dad? …Dad, come on.  You gotta get up. Dad. We gotta go home. HEEEEELP! Somebody!Anybody… help

Scar: Simba. …What have you done?

Simba: There were wildebeests and he tried to save me… it was an accident, I… I didn’t mean for it to happen.

Scar: Of course, of course you didn’t. No one… ever means for these things to happen. …But the king IS dead.  And if it weren’t for you, he’d still be alive.  Oh! What will your mother think?

Simba: What am I gonna do?

Scar: Run away, Simba. Run… Run away and never return.

RESENHA: Iron Man 2

Publicado: 01/05/2010 em cinema

Raras são as vezes em que uma sequência supera sua antecessora. Bem, Favreau você conseguiu: Homem de Ferro 2 é sua obra-prima. Ao contrário do fiasco de Michael Bay no segundo Transformers, tu não se limitou a aumentar o numero de explosões e fodam-se os personagens, pelo contrário: o foco do seu novo filme não são as putas cenas de combate, mas sim o que acontece entre elas: os dialogos ácidos, atuações fantásticas e o humor potencializado que tanto me divertiram no primeiro filme. Diversão é a palavra chave deste filme: não conseguia tirar o sorriso bobo do rosto, virei criança novamente e saí do cinema feliz. O que mais eu posso querer?

Um Iron Man 3.

Nota: 10,0