Projeto Stargate/Scannate

Publicado: 14/12/2009 em ciência, conspirações, livros


Stargate Project, Gondola Wish, Scannate, Sun Streak, Grill Flame e Center Lane foram códigos usados para identificar pesquisas do Governo Norte-Americano realizadas entre 1972 à 1995 com a finalidade de investigar o emprego potencial de habilidades psíquicas em táticas militares.

Com base em estudos anteriores de fenômenos paranormais realizados pela Sociedade Americana de Pesquisas Psíquicas e o Instituto de Pesquisas de Stanford, solicitados supostamente em função de pesquisas semelhantes que estariam sendo desenvolvidas pelos soviéticas durante a Guerra Fria.

O Projeto tinha foco na investigação do potencial da “visão remota” (capacidade de ver evidência física ou informações a grandes distâncias), bem como a precognição (ca
pacidade de ver o futuro) e a telecinese (capacidade de manipular objetos no espaço físico usando a mente).


Foram relatadas a existência de 22 “observadores remotos” e 14 laboratórios de pesquisa espalhados nos EUA, que chegaram a custar ao Governo Americano mais de 20 milhões de dólares ao ano. O FBI, CIA e vários governos, agências e departamentos militares também estavam envolvidos no projeto. Em 95, quando o Projeto Stargate veio à público a revista Time afirmou que 3 videntes ainda estavam ocupadas com o projeto em Fort Meade, Maryland.

Em 1979, um dos médiuns que trabalhavam no Projeto Stargate informou que eles poderiam dizer que um dos cidadãos americanos, que estava sendo mantido refém no Irã por um grupo de militantes islâmicos estava “sofrendo de náuseas”, com “um lado de seu corpo … danificado ou ferido “e que” ele vai estar em um avião nos próximos dias”.O refém americano, Richard Queen, foi liberado 3 semanas seguintes à previsão e sofria de esclerose múltipla, que afetou os nervos ao longo de um lado de seu corpo. Outro vidente do Projeto, Paul H. Smith , teve uma sessão de observação remota, na qual supostamente previu certos detalhes que cercam o ataque à fragata USS Stark em 17 de maio de 1987 , 3 dias antes de acontecer.


A professor de estatística, Jessica Utts, da Universidade da Califórnia realizou uma análise do Projeto Stargate após a sua conclusão, que revelou que o projeto teve de 5%/15% acima do acaso, mas que as suas contas incluem um grande volume de informações irrelevantes e vagas . Após a divulgação e posterior encerramento do Projeto de Stargate em 1995, o governo emitiu uma declaração afirmando que o projeto “não mostrou valor em operações de inteligência.”

Anúncios
comentários
  1. eduardo disse:

    isso fais lembrar o jogo psi ops

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s