Dilema

Publicado: 22/02/2009 em versos
É como se estivesse num sonho,
temendo que um repentino despertar me traga de volta a Terra
Uma doce ilusão
onde meu amor se divide entre um sorriso que me faz rir e um olhar que me faz tremer

Igualmente irresistíveis
oscilo minha convicção a cada palavra, gesto e pensamento
Meu coração que nunca teve alternativas
agora se delicia com a dúvida
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s