Mais Batman!

Publicado: 24/08/2008 em HQs

Pois é… não deu pra aquele post de quarta denovo. Mas cá estou eu, surpreendentemente ainda com os dez dedos nas mãos para um breve e passional ensaio sobre um dos maiores clássicos da história dos comics: estou falando de Batman: O Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller que foi a mais nova aquisição do meu arcevo nerd, bwawawwawawawa!!!!!
_
Assim como provavelmente metade do mundo, sempre gostei do Homem-Morcego, mas confesso que foram os filmes do Nolan (e tambem pelos nerdcasts ) que me fizeram mergulhar de cabeça nos becos e vielas mais perigosas de Gothan City. Comecei tímido, primeiramente baixando o famigerado Piada Mortal, de Alan Moore, que conta um pouco das origens do mais insano vilão dos quadrinhos (quisá, agora do cinema): Coringa! Depois, nos sebos da vida, saí com a edição de Batman Extra #15, que veio com a mini-série Contágio Letal: aventura na qual, Wayne estrela ao lado de Lobo, um dos personagens mais motherfuckers do Universo DC. O traço e roteiro de Sam Kieth são de cair o queixo, só estranhei o fato do Lobo ter excesso de estrogênio no seu corpo (logo ele?). Uma semana mais tarde, estava lendo Asilo Arkhan: Os Subterrâneos da Loucura, de Grant Alcatena, aventura ambientada numa Realidade Alternativa, onde o agora Dr. Wayne é dono do hospício mais perigoso do mundo, numa Gothan no ínicio do século XIX (!).
_ _
Depois disso, parti pra ignorância e tratei logo de arrumar aclamada série de Miller, e já posso falar com alguma autoridade: o cara é f#da! Nessa fantástica série (lançada originalmente em 85), após uma aposentadoria de vinte anos, o velho Bruce se vê forçado a retomar suas atividades quando o calor em Gothan sobe tanto quanto a taxa de criminalidade, esta ultima provocada por uma gangue de jovens anarquistas denominada Mutantes (mas que de mutante mesmo, só tem o líder). Claro que ele já não é o meninão de antigamente, e por isso não pode se dar ao luxo de morrer por aí pra meia dúzia de moleques ramelentos, então ele retorna muito mais violento, ao melhor estilo Sin City de ser, mas ainda preservando seu voto de não matar (mas aleijar, cegar e mutilar tá valendo!). O Batmovel virou um p#ta tanque de guerra (como se pode ver nos filmes de Nolan), e Robin agora é uma garota! A volta de Batman na praça devolve a vida e o sorriso ao rosto de Coringa, seu arqui-rival que passou os vinte anos mais sem graça de sua vida, sem o Morcego pra chatear. Sua última batalha com o palhaço tem um desfecho macabro, digno de Frank Miller. Mas o melhor ainda estava por vir: Um confronto épico de Clark (agora, um cãozinho dos EUA) contra Wayne, com uma brilhante participação do Arqueiro Verde (com um só braço!). Final perfeitaço, de chorar de tão bom!

__

Mudando de assunto, amanhã tô com uma entrevista marcada pra trabalhar na Flextronics, uma empresa de eletrônicos, e que contratou metade do meu bairro aqui (sério!). Vou tentar… tô me machucando demais lá na Real, ralação demais, sem falar que na Flex o salário é quase o dobro do que na Padaria. Vamos ver o que se sucede… acompanhem os novos episódios. Agora aproveitar o restinho do dia pra ler os blogs do pessoal e quem sabe ir ao cinema a noite.
Abraços, me add!
😀
PSone: Me rendi ao BuddyPoked! Deem uma olhada no meu avatarzinho no quadro ao lado, até que ficou parecido…
PS2: Tá bom… prometo que é o último post sobre Batman (pelo menos nesse mês :P)
Anúncios
comentários
  1. oi batmaniaco… rsrsrsrsrsrs…. comentar sobre seu F-A-N-A-T-I-S-M-O pelo homem morcego, como disse antes, ele não é meu super heroi favorito, prefiro as PPG… KKKKKKKKKKKKKKKKK….Enfim, sobre a entrevista, tomara que tudo dê certo pra você… se o trabalho lá é melhor e paga mais…. uhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhuuuuuuuuuuuuuuu….\o/Boa sorte mesmo, viu?Sobre o cometario lá no meu blog, eu estava precisando desabafar o que eu sentia, foi muito bom escrever aquilo e ver que pessoas como você lêem e me dão conselhos…^^Beijos

  2. Nadezhda disse:

    Sempre que leio você falando desses assuntos, tenho curiosidade de conhecer mais.Uma vez eu ganhei vários quadrinhos de uma antiga vizinha. Mas não gostava muito, acabei dando pro meu primo. Hoje é chato pedir de volta, depois de uns 10 anos, ahaha.Boa sorte com a entrevista 😉

  3. Legal, H.Q. são sempre “viciantes”, ainda não olhei o filme, mas tô louco para ver! Deu vontade de ler essas que você falou! O problema é que a grana não permite!!Abraços!Fábio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s